Pinterest MQ

⬇(Clique | Escolha o livro = Você será redirecionado para a publicação no MQ)

Se não encontrar o autor, acesse o site da AMAZON por qualquer link de redirecionamento no blog.

Bem-vindos ao MQ ✓ VENDA NACIONAL E INTERNACIONAL✓

As Regras de ouro: Os textos perdidos - Napoleon Hill

 Os textos perdidos de Napoleon Hill o farão encontrar o sucesso definitivo Napoleon Hill tem inspirado as pessoas a alcançarem o seu melhor há mais de oitenta anos. Ele foi o primeiro e mais famoso autor motivacional de todos os tempos e, de fato, os autores de autoajuda mais bem-sucedidos da atualidade devem muito à sabedoria perspicaz de Hill, incluindo algumas de suas melhores ideias. Agora, as Regras de Ouro: os textos perdidos apresentam os artigos que Napoleon Hill escreveu entre 1919 e 1923, que deram início a tudo. Nunca antes coletados em forma de livro, esses artigos apresentam lições de sabedoria de valor inestimável, as quais são tão aplicáveis hoje quanto eram há quase um século. Com base em entrevistas com magnatas famosos que saíram da miséria e alcançaram a riqueza, como Carnegie, Ford e Edison, eles revelam caminhos comprovados e eficazes para o sucesso que realmente funcionam para qualquer pessoa - ontem, hoje e amanhã. Estes textos agradáveis e empolgantes são repletos de inspiração e motivação, e oferecem uma visão atemporal sobre tópicos fundamentais como o poder da sugestão, construção da autoconfiança, uso da persuasão versus força e a lei da atração. Se essas ideias soam familiares, adiantamos que são. Os escritores motivacionais da atualidade vêm ajustando e reformulando as ideias de Hill por décadas, mas a fonte original continua sendo a melhor.

LIVRO FÍSICO


PDF KINDLE - DISP. IMEDIATAMENTE

Dr. Joe Dispenza

"Continuar a revisitar pensamentos e sentimentos familiares é continuar a criar a mesma realidade. Para criarmos algo diferente daquilo a que nos acostumámos no nosso mundo pessoal, teremos de mudar o modo rotineiro como pensamos e nos sentimos. De outra forma, ao pensarmos e sentirmo-nos repetidamente como no dia anterior, e no dia antes desse, continuaremos a criar as mesmas circunstâncias na nossa vida, que nos farão sentir as mesmas emoções e nos levarão a pensar «de acordo» com essas emoções."